Terapia floral no consultório odontológico

(Foto: Pixabay)

Embora o tratamento odontológico seja necessário e a informação sobre os métodos e cuidados com higiene bucal amplamente divulgados, ainda há pacientes que revelam medo, ansiedade e desconforto antes das consultas. Se essas reações forem exacerbadas, dificultam muito o tratamento.

Como prática complementar à saúde, existe a terapia floral, que usa essências florais e trata o indivíduo e não a doença, podendo ser usada em qualquer idade. As essências atuam no emocional da pessoa, harmonizando os sentimentos de medo, ansiedade, traumas e desequilíbrios, tranquilizando-a para o tratamento. Os mais conhecidos são os florais de Bach.

Os sintomas bucais são reflexo de problemas sistêmicos e emocionais, ou seja, a boca faz parte de um corpo humano dinâmico e sujeito a diferentes experiências. “ A saúde começa pela boca” é a expressão que representa bem esses cuidados que devemos ter com o todo. É pela boca que entram os alimentos e também as toxinas e onde se manifestam situações advindas de um desequilíbrio do organismo.

A terapia floral se propõe a preparar o paciente para o tratamento clínico e cirúrgico antes e após o atendimento, resolvendo as causas mais profundas dos problemas bucais. Os florais não substituem outros medicamentos e podem ser usados simultaneamente com outros tratamentos.

A escolha do medicamento é feita através da observação, conversas e consulta detalhando não só os aspectos clínicos, mas também os emocionais e os hábitos do paciente. Como a visão total do paciente predomina sobre o problema local, um mesmo problema pode ter medicações diferentes em pacientes diferentes. Um indivíduo estressado com sangramento gengival pode ter um medicamento diferente de outro com o mesmo sangramento, mas com temperamento mais relaxado.

Entre as aplicações dos florais na odontologia estão os casos de crianças medrosas e resistentes ao tratamento dentário, preparo para cirurgias, bruxismo, inflamações gengivais, lesões bucais, não como a única alternativa, mas complementando o tratamento clínico e as orientações do seu dentista.

Entender o paciente como um indivíduo que merece atenção integral e não apenas como uma boca ou alguns dentes nos dá as respostas mais verdadeiras dos seus problemas. E cuidar-se integralmente, com boa alimentação, bons hábitos de vida, cultivando bons pensamentos e atitudes, evitando o estresse e os vícios, dá ao seu corpo e sua mente a oportunidade de vencer qualquer dificuldade. Sorria sempre e com saúde. Os florais podem te ajudar nessa tarefa.

* Roberto Andrade Terini é dentista de adultos e crianças (CROSP 46020)