Refluxo leva à sensibilidade dos seus dentes

Foto: Reprodução/Pexels

Por Roberto Terini

Sabe aquela sensação de que a comida não caiu bem no estômago e quer pegar o caminho de volta, acompanhada pela azia e queimação? Esses são sintomas do refluxo gastroesofágico, que ocorre quando uma válvula que impede o suco gástrico de subir para o esôfago não funciona corretamente. Isto pode ser causado por alimentação incorreta e muito rápida, tabagismo, alcoolismo e estresse.

O suco gástrico participa da digestão no estômago e com o refluxo pode subir até a boca, com grande capacidade de destruição dos dentes devido a sua acidez. É a erosão ácida dos dentes, que se inicia no esmalte (camada mais externa), destruindo-os de fora para dentro.

Alguns sinais são característicos dessa erosão, como mudanças no formato dos dentes, aspereza, amarelamento e sensibilidade às mudanças de temperatura. É um problema que atinge tanto adultos quanto crianças, que pode ser exacerbado nos casos de bruxismo e ingestão de bebidas ácidas.

Pessoas com refluxo também têm boca seca. A menor quantidade de saliva torna o ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias e maior possibilidade de cáries, aftas e inflamação gengival.

Entre os cuidados para se prevenir essa erosão dental estão:

– Bochechos com água após ingerir bebidas ácidas.

– Usar escovas de cerdas macias.

– Quando beber refrigerantes e sucos, utilize canudo.

– Fazer as refeições com calma, mastigar bem os alimentos.

– Evitar alimentos muito gordurosos (batata frita, salgadinhos, pastel, pizza etc.), bebidas alcoólicas e alimentos ácidos.

– Não se alimentar novamente num intervalo muito curto após a refeição, dando pelo menos uma hora para a saliva proteger a superfície dos dentes.

– Consulte seu médico, que poderá indicar medicamentos ou mudança da dieta.

– Consultar seu dentista periodicamente para identificar possíveis sinais de desgaste dental.

Como tratamento, poderá ser indicado o uso de pastas dentais para dentes sensíveis, aplicação de verniz com flúor, uso de bochechos fluoretados.

Quando a estrutura dental for muito comprometida, o dentista avaliará a necessidade de um tratamento estético e funcional, que envolve tratamento de canal, restaurações, coroas, núcleos, facetas.