1 / 5

Como escolher o melhor enxaguante

É necessário analisar o antisséptico bucal antes de levá-lo para casa. O melhor produto é aquele que não tem álcool, porque que pode causar irritação. Além disso, ele deve apresentar flúor em sua fórmula, um dos responsáveis por combater a proliferação de bactérias e diminuir a sensibilidade nos dentes. Foto: Shutterstock

Dicas para usar o antisséptico bucal corretamente

Os antissépticos bucais vão muito além de deixar aquele gosto refrescante na boca. Eles previnem problemas como cárie, placa bacteriana, gengivite e mau hálito. Também são ótimos aliados após uma cirurgia ou um procedimento, como a extração de dente, pois aceleram a cicatrização. 

Por ser tão importante para a higiene bucal, é muito importante acrescentar o enxaguante à rotina – mas da forma correta, claro.

Veja mais conteúdo de saúde bucal