Como funcionam os elásticos ortodônticos? Saiba como!

Foto: Divulgação/Wikimedia

Roberto Terini

Os elásticos são aquelas borrachinhas coloridas usadas nos aparelhos fixos para auxiliar na movimentação dos dentes e estabelecer uma mordida correta. Eles existem em várias cores e tamanhos, sendo usados para movimentar um dente ou um grupo de dentes. Ao longo do tratamento ortodôntico, podem ser usados no início para corrigir dentes tortos, no meio do tratamento para corrigir a mordida ou no final para acelerar a remoção do aparelho.

O uso dos elásticos pode ser incômodo no início, mas se utilizado corretamente, conforme a orientação do ortodontista, mais rápido e eficiente será o resultado do tratamento.

Essas borrachinhas são encaixadas nos ganchos do seu aparelho, na posição correta indicada pelo ortodontista, e devem ser usadas o dia todo, sendo removidas apenas para comer e fazer a higiene bucal. O ortodontista vai dar uma certa quantidade dos elásticos para o paciente e eles devem ser trocados de uma a duas vezes por dia, pois perdem a força de movimentação. Não se deve usar em qualquer posição, pois poderia acarretar movimentações indesejáveis. Uma dor ou desconforto inicial não deve ser motivo para retirá-lo, deve-se insistir, pois o desconforto passará em alguns dias.

A troca das borrachinhas nas consultas de manutenção pode ser um fator motivador, pois o paciente escolha as cores que desejar, podendo escolher entre o amarelo, que realça o branco dos dentes, o transparente ou prata, para disfarçar o aparelho, ou uma combinação de tons diferentes, que lhe traga satisfação. E a cada manutenção pode escolher outra cor. Vale a cor do time, do país, para comemorar uma data importante, combinar com seu cabelo, enfim, que seja um momento divertido.

Não se deve em hipótese nenhuma, por moda ou capricho, trocar as borrachinhas por conta própria, alterando a posição delas ou usando em maior quantidade do que o recomendado. Esses materiais são vendidos também clandestinamente e seu uso incorreto poderá acarretar retrações gengivais, perda óssea, reabsorção da raiz e mordida errada. Apenas o material cedido pelo ortodontista deve ser usado.

Se tiver que se ausentar por um período longo, leve os elásticos em uma caixinha e troque nos momentos corretos. A colaboração do paciente é fundamental para o tratamento ser concluído mais rapidamente e o sorriso ficar mais bonito.